Informações e vendas: (62) 3240-2300
Portal do corretor Portal do cliente

Blog

Mais lidas

Home    /    Notícias da semana: Bom desempenho do agronegócio, aumento da margem de subsídio para financiamento e decisão do STJ para quem comprou imóvel nos últimos 5 anos; saiba mais

Imóveis, Mercado Imobiliário, Tendências

30/05/2022

Notícias da semana: Bom desempenho do agronegócio, aumento da margem de subsídio para financiamento e decisão do STJ para quem comprou imóvel nos últimos 5 anos; saiba mais

Comece a semana com as principais notícias do mercado imobiliário e mantenha-se sempre informado.

Quem comprou imóvel nos últimos 5 anos pode ter dinheiro a receber após decisão do STJ.

Quem comprou imóvel nos últimos 5 anos, seja residencial ou comercial, pode ter direito à restituição do valor pago a mais pelo Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Uma decisão da Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu a base de cálculo do tributo é o valor do imóvel transmitido em condições normais de mercado, e não o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Ou seja, o ITBI deve ser calculado com base no valor real pago pela compra.

Leia mais em Diário do Nordeste

Bom desempenho do agronegócio aumenta número de imóveis de alto padrão no Sudoeste goiano.

Os municípios de economia pujante da Região Sudoeste do Estado, como Rio Verde, Jataí e Mineiros, tem sido palco de um grande número de lançamentos de empreendimetos imobiliários verticais e horizontais de alto padrão desde 2021. Um dos motivos para a atratividade destes mercados foi o bom desempenho do agronegócio, impulsionado por fatores como a alta na cotação da soja e do milho. Quem investiu diz que os resultados foram muito positivos, com uma rápida velocidade de vendas e boa valorização.

Leia mais em O Popular

Governo Federal aumenta margem de subsídio para financiamento de imóveis.

O Governo Federal vai ampliar o valor do subsídio para famílias de baixa renda financiarem seu imóvel por meio do Programa Casa Verde Amarela. A ideia é promover a conquista da casa própria e expandir o número de moradias entregues. A medida passará a valer no início de junho e será válida até 31 de dezembro deste ano. A mudança no subsídio deve ser imediatamente implantada pelo principal agente financeiro, a Caixa Econômica Federal, após publicação de instrução normativa por parte do MDR. A medida não implicará em mudanças no orçamento de descontos aprovado pelo Conselho Curador do FGTS, correspondente a R$ 8,5 bilhões em 2022.

Leia mais em DHoje

Você já conhece a Adão News? A nossa Newsletter no Linkedin para você ficar por dentro das melhores análises do mercado imobiliário. Assine já!

Continue acompanhando as nossas redes sociais e não perca as novidades semanais.

Voltar